Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Secretariado: profissão ainda recebe estereótipos

Ricardo Costa

Publicado

em

Muitos estereótipos envolvem o trabalho do profissional formado em secretariado, a começar pelo curso que muitas pessoas julgam como exclusivo para o público feminino. Embora em menor número, os homens estão inseridos na área e, também, lutam para quebrar estigmas associadas à profissão.

O secretário Anderson Miranda foi o único aluno do sexo masculino da sua turma. Formado em Secretariado Executivo, em 2019, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), ele diz que sentiu o preconceito vindo de quem não entendia a sua profissão.

“As meninas sempre foram muito receptivas e me apoiaram. Eu sentia um pouco de julgamento quando eu contava para pessoas de fora da universidade. Fiz algumas seletivas e, também, não sentia que ali havia algum julgamento, apesar de que ainda vejo vagas de emprego em que optam somente pelo sexo feminino”, conta.

A vontade de Anderson de ingressar na faculdade de Secretariado Executivo se deu justamente pelo curso ser aberto a qualquer pessoa e pela grade curricular ofertar uma infinidade de disciplinas que unem dois de seus maiores interesses profissionais: administração e idiomas.

“Na graduação, logo de início temos matérias de introdução à Administração, língua portuguesa e idiomas, que na UFBA são inglês e espanhol. Isso dá uma ideia geral de como vai ser o decorrer do curso. As disciplinas focam muito na boa comunicação e assessoramento, duas das principais atribuições da profissão. Muita gente não sabe, mas pegamos matéria sobre Relações Públicas, Economia, Psicologia e também uma matéria de teatro que trabalha a nossa dicção”, explica o profissional.  

Em relação ao dia que comemora a profissão, regulamentada desde 1985, a comemoração se baseia na defesa pelos direitos da categoria, além de reforçar o caráter plural da profissão. “Eu acredito que a existência dessa data é importante, pois ajuda no reconhecimento da profissão, de sua importância. Além de ajudar na popularização, tendo em vista que muita gente nem sabe o que faz a pessoa formada em secretariado executivo”, conclui Anderson.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo8 horas atrás

Juiz cita ‘discriminação religiosa’ e nega pedido para afastar secretário responsável por Lei Rouanet

“É um claro ato de discriminação religiosa, como bem ressaltou o juiz Itagiba Catta Preta”, afirmou.

Brasil/Mundo8 horas atrás

Ex-secretário de Comunicação é acusado de mentir na CPI da Pandemia

Renan Calheiros chegou a pedir a prisão em flagrante de Wajngarten, que falava na condição de testemunha

Brasil/Mundo8 horas atrás

Prouni: estudantes têm até hoje (13) para entregar documentos e não perder a vaga

Documentação precisa ser apresentada à instituição de ensino a qual o candidato pretende estudar

Brasil/Mundo1 dia atrás

Presidente de Convenção dispara criticas contra pastor por ordenar mulheres ao pastorado

A igreja criticada por JD Greear é a igreja fundada pelo pastor Rick e Kay Warren

Brasil/Mundo1 dia atrás

Líderes negros denunciam racismo sistêmico na principal clínica de aborto dos EUA

Democratas e republicanos assinam o documento que mostra que mais negros são mortos pelo aborto, mesmo sendo minoria no país

Brasil/Mundo1 dia atrás

Hamas ataca Israel com mais de 1.000 foguetes e cria caos em várias cidades

Conflitos geraram várias mortes de israelenses e de palestinos e aumentam a tensão entre os países do Oriente Médio

Brasil/Mundo1 dia atrás

Em Curitiba, Marcha para Jesus acontecerá no próximo sábado (15) em formato de carreata

O grupo entregou ao prefeito a camiseta da marcha que neste ano tem como tema o versículo bíblico “Agora, pois,...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Sugestão Legislativa quer tornar crime ensino da ideologia de gênero nas escolas

Senadores devem discutir se a sugestão é constitucional

Brasil/Mundo2 dias atrás

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pastor diz que “igreja brasileira deixou de ser preparada para a perseguição”

Para o pastor Geremias Coutro, é necessário que a igreja volte a tratar do assunto com a máxima urgência.

Publicidade