Conecte-se conosco

Política

Senador Ataídes: nova concessão para duplicação da BR 153 pode sair em até seis meses

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

 

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, garantiu ao senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) que a nova concessão para a duplicação da BR 153 deverá ser feita até o final do ano. O senador foi recebido no gabinete do ministro   nesta quarta-feira, 28, em companhia da senadora Lúcia Vânia (PSB-GO).

Os dois ouviram do ministro que ele aguarda apenas a publicação do decreto de caducidade do contrato de concessão com duplicação da BR 153, entre Anápolis-GO e Aliança/TO, para iniciar o processo que vai levar à duplicação dessa importante via de transporte para os tocantinenses.

Trata-se da primeira ação desta natureza que o governo federal toma, por recomendação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para possibilitar que a administração da rodovia tenha continuidade e atenda a contento aos usuários. A empresa vencedora do leilão de concessão, Grupo Galvão, não vinha cumprindo a sua parte.

Por causa do seu envolvimento na operação Lava Jato, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) suspendeu a liberação do financiamento que cobriria 70% do investimento total.

 

Duas concessões

Ministro dos Transportes, Maurício Quintella e o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO)

O senador Ataídes – presidente da Comissão da medida provisória que tratou justamente das relicitações – solicitou ao ministro Quintella que sejam realizadas duas concessões, uma delas relativa exclusivamente ao trecho da rodovia que corta o Estado do Tocantins.

Na opinião do senador, isso garantiria mais rapidez no processo, diminuindo a espera pelo início do atendimento ao usuário. O ministro concordou com a sugestão.

Enquanto a nova concessionária não assumir a administração da rodovia, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) vai fazer a manutenção da BR 153.

Para evitar mais mortes por atropelamento até a duplicação, Ataídes pediu que sejam construídas travessias urbanas nas cidades cortadas pela BR 153 – Fazenda do Tabocão, Nova Olinda, Brasilândia, Wanderlândia, Rio dos Bois, Darcinópolis, Palmeiras do Tocantins, Aguiarnópolis, Barrolândia, Araguaína e Presidente Kennedy. Com isso, os pedestres terão mais tranquilidade na travessia da estrada.

O senador do Tocantins argumentou que a população do Estado não tem condições de pagar as altas tarifas que são cobradas em outras partes do país. Ele solicitou que as novas concessões contenham dispositivos que garantam o menor preço possível para o pedágio.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo15 horas atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo16 horas atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo3 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte

Brasil/Mundo3 dias atrás

Número de mortes registradas por dependência alcoólica aumentou em 2020

Dados do Ministério da Saúde revelam que houve aumento em 18,4% dos registros de mortes comparado ao ano de 2019

Brasil/Mundo3 dias atrás

Argentina permite o gênero X em carteiras de identidade e passaportes

Medida visa incluir pessoas não binárias, isso é, que não se identificam como homens e nem como mulheres

Brasil/Mundo6 dias atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo6 dias atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo6 dias atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo6 dias atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto