Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

TCE proíbe repasse de verbas públicas para o Encontro dos Gideões Missionários

Avatar

Publicado

em

O congresso, que ocorre anualmente em Camboriú, é um dos maiores eventos evangélicos do país. Foto: Divulgação

A pedido do Ministério Público de Contas (MPC/SC), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC) proibiu a Santur de repassar recursos à Associação Movimento Comunitário Rádio Paz no Valle FM, que representa o Encontro de Gideões da Última Hora, da igreja Assembleia de Deus. A decisão é válida até que as suspeitas de irregularidades nos repasses feitos em 2017 e 2018 sejam esclarecidas, informou a jornalista Dagmaura Spautz.

+ Bolsonaro recebe placa de homenagem durante Gideões: “Quando o justo governa, o povo se alegra”

O congresso, que ocorre anualmente em Camboriú, é um dos maiores eventos evangélicos do país. Reúne mais de 100 mil pessoas, e no ano passado contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro – a primeira visita do presidente da república a Santa Catarina.

Os repasses questionados correspondem a R$ 700 mil – R$ 400 mil em 2017, na 35ª edição do evento, e R$ 300 mil em 2018, na 36ª edição.

Ocorre que o Ministério Público de Contas já havia recomendado, em 2018, que o Estado não fizesse novos repasses porque a associação ainda não havia prestado contas do valor recebido em 2017. Segundo a jornalista, a prestação de contas foi feita às pressas e a extinta Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (Sol) liberou a verba.

As investigações continuaram, e o Ministério Público identificou possíveis irregularidades na prestação de serviços e nos orçamentos que foram apresentados. Foram essas novas informações que embasaram o pedido cautelar de bloqueio de novos repasses.

O conselheiro Herneus de Nadal determinou que a associação e a Santur sejam ouvidas, e apresentem justificativas sobre as supostas fraudes em até 30 dias. No ano passado, o Estado não fez repasses para o Congresso de Gideões.

Representantes da Associação Movimento Comunitário Rádio Paz no Valle FM não foram localizados para comentar os apontamentos do Ministério Público.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo5 horas atrás

Juiz cita ‘discriminação religiosa’ e nega pedido para afastar secretário responsável por Lei Rouanet

“É um claro ato de discriminação religiosa, como bem ressaltou o juiz Itagiba Catta Preta”, afirmou.

Brasil/Mundo6 horas atrás

Ex-secretário de Comunicação é acusado de mentir na CPI da Pandemia

Renan Calheiros chegou a pedir a prisão em flagrante de Wajngarten, que falava na condição de testemunha

Brasil/Mundo6 horas atrás

Prouni: estudantes têm até hoje (13) para entregar documentos e não perder a vaga

Documentação precisa ser apresentada à instituição de ensino a qual o candidato pretende estudar

Brasil/Mundo1 dia atrás

Presidente de Convenção dispara criticas contra pastor por ordenar mulheres ao pastorado

A igreja criticada por JD Greear é a igreja fundada pelo pastor Rick e Kay Warren

Brasil/Mundo1 dia atrás

Líderes negros denunciam racismo sistêmico na principal clínica de aborto dos EUA

Democratas e republicanos assinam o documento que mostra que mais negros são mortos pelo aborto, mesmo sendo minoria no país

Brasil/Mundo1 dia atrás

Hamas ataca Israel com mais de 1.000 foguetes e cria caos em várias cidades

Conflitos geraram várias mortes de israelenses e de palestinos e aumentam a tensão entre os países do Oriente Médio

Brasil/Mundo1 dia atrás

Em Curitiba, Marcha para Jesus acontecerá no próximo sábado (15) em formato de carreata

O grupo entregou ao prefeito a camiseta da marcha que neste ano tem como tema o versículo bíblico “Agora, pois,...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Sugestão Legislativa quer tornar crime ensino da ideologia de gênero nas escolas

Senadores devem discutir se a sugestão é constitucional

Brasil/Mundo2 dias atrás

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pastor diz que “igreja brasileira deixou de ser preparada para a perseguição”

Para o pastor Geremias Coutro, é necessário que a igreja volte a tratar do assunto com a máxima urgência.

Publicidade