Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Tempos sombrios: STF derruba decisão e permite fechamento de igrejas; líderes evangélicos reagem

Avatar

Publicado

em

Pastores e demais líderes evangélicos reagem a votação polêmica do STF em desfavor da liberdade religiosa. Foto: Edição JM

O JM Notícia acompanhou o andamento no Supremo Tribunal Federal (STF) do julgamento da ação ADPF 811 sobre a reabertura das igrejas durante o tempo de pandemia. No final, a Corte Suprema decidiu, por 9 a 2 ser constitucional os prefeitos e governadores editarem decretos que fechem igrejas e proíbam cultos coletivos.

ministro Gilmar Mendes, relator da ação, ganhou apoio de Alexandre de Moraes que citou a Idade Média onde os cristão cultivavam em suas casas.

A Corte se reuniu às pressas para este julgamento uma vez que o ministro Kassio Nunes decidiu monocraticamente no último dia 03 ser inconstitucional delegar tal poder aos políticos sendo que a liberdade de culto é um direito fundamental assegurado aos cidadãos brasileiros de quaisquer religião, por isso é cláusula pétrea. Na ocasião, a decisão do ministro foi elogiada por líderes evangélicos, entre eles o tocantinense Ricardo Costa.

“O artigo 5º  da Constituição Federal em seu inciso VI assegura o livre exercício do culto, é uma cláusula pétrea e a Carta Magna destaca ainda que cabe ao Estado garantir, na forma da lei, a proteção aos locais de cultos e suas liturgias, mas o que temos visto desde o início da pandemia são as autoridades rasgando o texto constitucional em nome de uma suposta proteção aos cidadãos. Vale ainda ressaltar que as decisões são incoerentes e a maioria delas sem nenhuma base científica”, destacou Ricardo, que também é bacharelando em direito.

Líderes repercutem decisão em dia sombrio para a liberdade religiosa no Brasil

Após a decisão da Corte, líderes cristão foram às redes sociais manifestar repúdio à interpretação polêmica dos ministros, somente Kassio Nunes e Dias Toffoli votaram contra.

Silas Malafaia:

VERDADE ABSOLUTA ! Nenhum argumento de ministro do STF , é maior que o argumento da própria constituição . Estamos assistindo , sistematicamente , o STF rasgar e burlar a constituição . Uma verdadeira DITADURA DA TOGA DO STF !

Marco Feliciano

Como ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, denunciarei o Brasil na Comissão Interamericana de Direitos Humanos. Alguém deve dar um basta na perseguição religiosa feita por governadores e Judiciário!

Deputado Sóstenes Cavalcante

A Constituição foi mais uma vez rasgada e dessa vez, em favor dos prefeitos e governadores que teimam em proibir os cultos presenciais.

Ricardo Costa

O desprezo pela fé cristã foi estampado pelos 9 ministros que votaram a favor de políticos fecharem templos e proibirem os fieis de vivenciarem sua fé em meio a um momento sombrio para o mundo. Aqueles que deveriam ser guardiões da Constituição a rasgam e tolhem direitos fundamentais de milhões de crentes.

A Anajure (entidade de juristas evangélicos que ingressou com a ADPF 811, rejeita pela Corte) disse que, mesmo não concordando, recomenda agora que as igrejas sigam o que foi votado e também espera que os governantes tenham bom senso na tomada de decisões.

Ao final do julgamento de hoje no plenário do Supremo Tribunal Federal, com a decisão, por maioria, rejeitando a ADPF 811, a ANAJURE informa que, apesar de juridicamente não concordarmos com a tese vencedora, e, especialmente, por não haver o STF estabelecido um regramento mínimo de proteção à liberdade religiosa, nos casos em que Estados e Municípios forem além do que permite a Constituição ou mesmo o que decidiu o STF, todavia respeitamos a decisão da nossa Suprema Corte e, consequentemente, recomendamos a todas as igrejas e líderes religiosos o cumprimento do que fora decidido.
.
Expressamos ainda a expectativa de que os Governos Federal, Estadual e Municipal atuem com responsabilidade e diligência – respeitando sempre as liberdades civis fundamentais – a fim de que a pandemia seja superada, sobretudo envidando esforços para a aquisição de vacinas e boa gestão dos sistemas de saúde.

Por 9×2, STF decide que estados e municípios podem impedir cultos e missas presenciais

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo14 horas atrás

Juiz cita ‘discriminação religiosa’ e nega pedido para afastar secretário responsável por Lei Rouanet

“É um claro ato de discriminação religiosa, como bem ressaltou o juiz Itagiba Catta Preta”, afirmou.

Brasil/Mundo15 horas atrás

Ex-secretário de Comunicação é acusado de mentir na CPI da Pandemia

Renan Calheiros chegou a pedir a prisão em flagrante de Wajngarten, que falava na condição de testemunha

Brasil/Mundo15 horas atrás

Prouni: estudantes têm até hoje (13) para entregar documentos e não perder a vaga

Documentação precisa ser apresentada à instituição de ensino a qual o candidato pretende estudar

Brasil/Mundo2 dias atrás

Presidente de Convenção dispara criticas contra pastor por ordenar mulheres ao pastorado

A igreja criticada por JD Greear é a igreja fundada pelo pastor Rick e Kay Warren

Brasil/Mundo2 dias atrás

Líderes negros denunciam racismo sistêmico na principal clínica de aborto dos EUA

Democratas e republicanos assinam o documento que mostra que mais negros são mortos pelo aborto, mesmo sendo minoria no país

Brasil/Mundo2 dias atrás

Hamas ataca Israel com mais de 1.000 foguetes e cria caos em várias cidades

Conflitos geraram várias mortes de israelenses e de palestinos e aumentam a tensão entre os países do Oriente Médio

Brasil/Mundo2 dias atrás

Em Curitiba, Marcha para Jesus acontecerá no próximo sábado (15) em formato de carreata

O grupo entregou ao prefeito a camiseta da marcha que neste ano tem como tema o versículo bíblico “Agora, pois,...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Sugestão Legislativa quer tornar crime ensino da ideologia de gênero nas escolas

Senadores devem discutir se a sugestão é constitucional

Brasil/Mundo3 dias atrás

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pastor diz que “igreja brasileira deixou de ser preparada para a perseguição”

Para o pastor Geremias Coutro, é necessário que a igreja volte a tratar do assunto com a máxima urgência.

Publicidade