Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Tentativa de derrubar Crivella é retaliação após corte de repasses ao grupo Globo, insinua Universal

Avatar

Publicado

em

Da redação JM

Câmara Municipal decidiu pelo arquivamento do processo de impeachment ao qual o prefeito respondia . Imagem: PAULO CARNEIRO/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Câmara dos Vereadores do Rio decidiu não afastar o prefeito Marcelo Crivella (PRB) durante sessão realizada nesta terça-feira (25) na plenária.  A maioria aprovou o parecer da Comissão Processante que isentou o prefeito de responsabilidade na investigação sobre a renovação de contratos do mobiliário urbano. O placar final foi de 35 votos a favor e 13 contra, além de uma abstenção.

O presidente da Câmara do Rio, Jorge Felippe (MDB), afirmou que o processo será arquivado. Para que o pedido de impeachment fosse aceito, eram necessários 34 votos dos 51 vereadores. Dezesseis parlamentares e a defesa de Crivella foram ouvidos antes da votação, que foi aberta por volta das 17h.  

Retaliação

Para a Igreja Universal, o impeachment de Marcelo Crivella seria uma retaliação da esquerda e parte da imprensa após algumas ações do governo como, por exemplo, o corte de repasses para o grupo Globo.

Talvez a grande campanha que a imprensa e a esquerda fazem contra o prefeito envolva outras questões. Por exemplo, o corte de envio de dinheiro para o grupo Globo, que controla parte da mídia no Rio de Janeiro“, diz matéria do site da IURD assinada por André Batista.

+ Igreja Universal lança revista para líderes evangélicos do Brasil

A matéria diz que “em gestões anteriores, chegou-se a enviar R$ 25 milhões às empresas dos Marinho, em nome de publicidade. Dez vezes mais do que a todas as outras emissoras de televisão juntas” e que todos os “prefeitos que fizeram isso foram condenados por improbidade administrativa após deixarem o cargo, mas não sofreram processos de impeachment durante a gestão“.

Os vereadores que votaram contra Crivella sabem que ele não cometeu nenhuma irregularidade. Mas, por que insistem pelo seu afastamento?“, questiona o texto (leia a íntegra aqui).

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo4 horas atrás

Juiz cita ‘discriminação religiosa’ e nega pedido para afastar secretário responsável por Lei Rouanet

“É um claro ato de discriminação religiosa, como bem ressaltou o juiz Itagiba Catta Preta”, afirmou.

Brasil/Mundo4 horas atrás

Ex-secretário de Comunicação é acusado de mentir na CPI da Pandemia

Renan Calheiros chegou a pedir a prisão em flagrante de Wajngarten, que falava na condição de testemunha

Brasil/Mundo5 horas atrás

Prouni: estudantes têm até hoje (13) para entregar documentos e não perder a vaga

Documentação precisa ser apresentada à instituição de ensino a qual o candidato pretende estudar

Brasil/Mundo1 dia atrás

Presidente de Convenção dispara criticas contra pastor por ordenar mulheres ao pastorado

A igreja criticada por JD Greear é a igreja fundada pelo pastor Rick e Kay Warren

Brasil/Mundo1 dia atrás

Líderes negros denunciam racismo sistêmico na principal clínica de aborto dos EUA

Democratas e republicanos assinam o documento que mostra que mais negros são mortos pelo aborto, mesmo sendo minoria no país

Brasil/Mundo1 dia atrás

Hamas ataca Israel com mais de 1.000 foguetes e cria caos em várias cidades

Conflitos geraram várias mortes de israelenses e de palestinos e aumentam a tensão entre os países do Oriente Médio

Brasil/Mundo1 dia atrás

Em Curitiba, Marcha para Jesus acontecerá no próximo sábado (15) em formato de carreata

O grupo entregou ao prefeito a camiseta da marcha que neste ano tem como tema o versículo bíblico “Agora, pois,...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Sugestão Legislativa quer tornar crime ensino da ideologia de gênero nas escolas

Senadores devem discutir se a sugestão é constitucional

Brasil/Mundo2 dias atrás

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pastor diz que “igreja brasileira deixou de ser preparada para a perseguição”

Para o pastor Geremias Coutro, é necessário que a igreja volte a tratar do assunto com a máxima urgência.

Publicidade