Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Terroristas islâmicos assassinaram pelo menos 19 cristãos em Burkina Faso no domingo, 9

Publicado

em

Da redação

Os ataques contra igrejas e cristãos têm vindo a aumentar no Burkina Faso. ©RFI/Jean-Luc Aplogan

Pelo menos 19 cristãos foram mortos em um ataque em 9 de junho no vilarejo de Arbinda, no norte da África, em Burkina Fasoinformaram os relatórios da AFP . 

Segundo fontes do Fundo Barnabé , o número de mortos pode chegar a 29, já que mais 10 pessoas foram assassinadas na província vizinha de Namentenga no dia seguinte.

“Não há mais cristãos nesta cidade (Arbinda)”, disse uma fonte do Fundo Barnabé. Ele acrescentou que 19 pessoas foram mortas e que toda a população de cristãos fugiu para sua segurança.

“Está provado que eles estavam procurando por cristãos”, continuou a fonte. “Famílias que escondem cristãos são mortas. Arbinda perdeu no total não menos de 100 pessoas em seis meses.”

“Várias dezenas de homens armados realizaram um ataque ao distrito de Arbinda, matando várias pessoas”, disse um funcionário à AFP. 

Fontes locais do Fundo Barnabus revelaram que 82 pastores e 1.145 cristãos de 151 famílias estavam fugindo de diferentes locais na parte norte do país. 

+ Atentado contra igreja mata seis cristãos em Burkina Faso

+ Atiradores matam pastor e fieis durante culto em Burkina Fasso

+ Onda de violência islâmica deixa 62 mortos em Burkina Faso

Os ataques começaram em abril, na cidade de Silgadji, quando militantes islâmicos seguraram um pastor, seu filho e quatro da congregação do pastor sob a mira de uma arma. Eles exigiram que os seis negassem sua fé cristã e se convertessem ao islamismo. Quando eles se recusaram, todo o grupo foi executado . 

Mais de 400 pessoas foram mortas na violência desde 2015, segundo a AFP. 

O governo da França, o antigo governante colonial do país, mobilizou 4.500 soldados em Maili, Burkina Faso, Níger e Chade. Sua missão de codinome Barkhane pretende ajudar as forças locais a lidar com os jihadistas islâmicos.

O Burkina Faso também se uniu a quatro outras nações africanas (Chade, Mali, Mauritânia e Níger) para criar uma força antiterror de 5.000 soldados também apoiados pela França. 

(Com AFP e Agências)

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo13 horas atrás

Bolsonaro diz que vai vetar ‘passaporte sanitário’ para vacinados contra a Covid

Texto foi aprovado no Senado e seguirá para a Câmara dos Deputados

Brasil/Mundo2 dias atrás

Levantadora de pesos diz que a presença de atletas trans tornará o jogo olímpico “injusto”

Laurel Hubbard já competia nos campeonatos masculinos até que em 2013 se tornou mulher trans

Brasil/Mundo2 dias atrás

PM de Alagoas exonera subcomandante que defende Bolsonaro e ataca opositores nas redes sociais

Um dia após a exoneração, o militar publicou uma foto no Facebook e escreveu: "Entre o louco e o corrupto,...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Benjamin Netanyahu deixa o cargo de primeiro-ministro de Israel

Novo premiê foi eleito pelo parlamento israelense após acordos políticos

Brasil/Mundo3 dias atrás

Biden hasteia a bandeira LGBT na embaixada dos EUA no Vaticano e é criticado

Entre os críticos está o pastor Franklin Graham que entendeu a decisão como um desrespeito ao simbolismo religioso do Vaticano

Brasil/Mundo3 dias atrás

Mandato de Benjamin Netanyahu chega ao fim em Israel

É a primeira vez que o partido árabe Ra’am fará parte oficialmente do governo, que terá apoio de uma coalização...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Doria cumpre o que prometeu e multa Bolsonaro por andar sem máscara em ‘motociata’

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também foram multados

Brasil/Mundo5 dias atrás

Vídeo: Pastor Wellington Júnior recebe forte profecia de que irá enfrentar muitos levantes

"Agora esse é o momento meu filho, em que tu às de assumir muitas responsabilidade na minha obra", disse a...

Brasil/Mundo6 dias atrás

Liminar ordena a suspensão da Lei do Aborto na Argentina por inconstitucionalidade

Ação movida por um cidadão resultado na liminar assinada na cidade de Mar del Plata

Brasil/Mundo6 dias atrás

Câmara aprova urgência para projeto que institui federações de partidos políticos

Pelo projeto, após registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atuem como se fosse uma agremiação única