Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Tradutor da Bíblia é espancado e tem garganta cortada no Camarões; segundo caso em dois meses

Publicado

em

Da redação JM

O tradutor da Bíblia Benjamin Tem foi morto em outubro de 2019 em sua casa na área de Wum, nos Camarões. | 
Projeto de Tradução da Bíblia Aghem

Um segundo tradutor da Bíblia foi morto por extremistas Fulani na região anglófona civil, assolada pela guerra, no sul de Camarões, nesta semana, confirmou uma fonte do ministério ao The Christian Post.

O tradutor da Bíblia Benjamin Tem foi assassinado em sua casa na região de Wum no domingo à noite, relata Efi Tembon, ativista camaronês que chefia um ministério chamado Oasis Network for Community Transformation.

De acordo com Tembon, que conheceu a vítima enquanto trabalhava em um projeto de tradução em 2013, Tem serviu como facilitador do engajamento das escrituras para o Projeto de Tradução da Bíblia Aghem, que concluiu uma tradução do Novo Testamento no idioma Aghem em 2016. 

Tem, 48, também foi um promotor de grupos de escuta da Bíblia na área de Wum. Ele foi enterrado na segunda-feira e deixa para trás cinco filhos. 

Ninguém assumiu a responsabilidade pelo assassinato de Tem. No entanto, Tembon disse que os locais culparam os radicais Fulani, dizendo que foram incentivados por atores do governo a realizar ataques contra comunidades agrícolas de apoio separatista no sul de Camarões. 

Os pastores Fulani na África há muito que se opõem aos agricultores pelo direito à terra para pastar gado.

“Ele foi atacado ontem à noite por pessoas suspeitas de serem pastores Fulani pró-governo”, disse Tembon a amigos no Facebook. “Eles o massacraram e cortaram sua garganta.”

A morte de Tem ocorre dois meses depois que o colega tradutor Angus Fung, que também atuou no Projeto de Tradução da Bíblia Aghem em Wum, foi morto de maneira semelhante em sua casa. 

Segundo Tembon, os atacantes de Fulani mataram pelo menos duas dúzias de pessoas e queimaram várias casas apenas na área de Wum.

“Acho que nossas autoridades estão trabalhando com os Fulanis”, disse Tembon, que viaja regularmente às capitais mundiais para instar a comunidade internacional a pressionar pelo fim do derramamento de sangue e dos abusos dos direitos humanos nos Camarões.  

“Há uma guerra de independência na área e, portanto, a população local apóia a independência no sul dos Camarões. E esses ataques contra a população local não são apenas dos Fulanis, os militares também estão atacando e queimando casas. Portanto, os militares estão trabalhando de mãos dadas com os Fulanis. Na verdade, eles armaram alguns Fulanis para ajudá-los a combater a população local. ”

Tembon acusou o governo de tentar “injetar um aspecto religioso no conflito”.

“Eles sabem que os Fulanis são muçulmanos e a população local tende a ser cristã”, disse ele. “E assim, tentar criar um conflito criará um caos na área.”

Segundo o Joshua Project , a comunidade Aghem em Wum é 75% cristã. 

Desde a morte de Tem, os moradores fugiram da área, assim como outras populações locais que foram atacadas. Tembon garantiu que “ataques estão ocorrendo em toda parte” no sul dos Camarões. 

Em agosto um tradutor da Bíblia em Camarões foi massacrado até durante um ataque a noite, enquanto o braço de sua esposa foi cortado.

https://www.jmnoticia.com.br/2019/08/29/tradutor-da-biblia-e-espancado-ate-a-morte-em-camaroes-e-esposa-tem-braco-cortado/

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo12 horas atrás

Motivação de estudantes aumentou com retorno das aulas presenciais, diz pesquisa

Na opinião de pais, 87% dos filhos que frequentam as aulas presenciais se sentem mais animados

Brasil/Mundo1 dia atrás

Governo de Rondônia proíbe ‘linguagem neutra’ nas escolas

Os professores e instituições poderão ser punidos se não obedecerem

Brasil/Mundo2 dias atrás

Moraes determina prisão preventiva e extradição de Allan dos Santos

Blogueiro bolsonarista é alvo do inquérito que apura a divulgação de notícias falsas

Brasil/Mundo2 dias atrás

Covid-19: 20 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina atrasada

Índice de pessoas completamente vacinadas contra a doença já teria passado dos 80% do público-alvo, caso não houvesse atraso na...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil de R$ 400 até o final de 2022

O número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias

Brasil/Mundo3 dias atrás

Inscrições para cursos gratuitos do Google encerram nessa sexta (22/10)

As capacitações são na área de tecnologia e começam nesse ano

Brasil/Mundo4 dias atrás

Censura: Instagram retira ‘recurso de links’ de perfis conservadores

Internautas falam de perseguição política e tentativa de censura

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lego anuncia brinquedos sem gênero para influenciar crianças “contra o preconceito”

Para a marca, acabar com o “estereótipos nocivos” vai ajudar as crianças a não serem preconceituosas

Publicidade