Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Twitter censura Trump, mas permite ódio contra Israel

Publicado

em

“O regime sionista é um câncer mortal e um prejuízo para esta região”, disse líder iraniano no Twitter.

A rede social Twitter não fornece nenhuma explicação razoável sobre o que que define como “glorificação da violência”, mas utilizou esse argumento para censurar, nesta sexta-feira (29), tuítes do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Casa Branca.

Apesar de não ter excluído as publicações, a plataforma impôs restrições na visualização do conteúdo.

+ Brasil e Israel discutem cooperação para combate a coronavírus

Enquanto isso, o Líder Supremo do Irã, Ali Khamenei, tem a liberdade de ameaçar Israel sem maiores preocupações.

Em tuíte publicado no dia 22 de maio, por exemplo, Khamenei escreveu:

“O regime sionista é um câncer mortal e um prejuízo para esta região. Sem dúvida, será extirpado e destruído.”

A incoerência no comportamento dos checadores de fatos do Twitter foi apontada em publicação da própria Casa Branca.

“Twitter determinou que permitirá que terroristas, ditadores e propagandistas estrangeiros abusem de sua plataforma”, escreveu a Casa Branca.

O perfil oficial do governo norte-americano também compartilhou um tuíte contendo uma série de ataques do líder do Irã contra Israel.

(Com Renova Mídia)

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo16 horas atrás

Estão abertas as inscrições para a 24ª edição do Prêmio Educador Nota 10

Neste ano, serão escolhidos 10 docentes como ganhadores

Brasil/Mundo19 horas atrás

Hungria apresenta lei que proíbe a promoção da homossexualidade para menores de 18 anos

O país tem adotado ações para proteger os valores tradicionais e a herança da nação de maioria cristã do ativismo...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Bolsonaro diz que vai vetar ‘passaporte sanitário’ para vacinados contra a Covid

Texto foi aprovado no Senado e seguirá para a Câmara dos Deputados

Brasil/Mundo4 dias atrás

Levantadora de pesos diz que a presença de atletas trans tornará o jogo olímpico “injusto”

Laurel Hubbard já competia nos campeonatos masculinos até que em 2013 se tornou mulher trans

Brasil/Mundo4 dias atrás

PM de Alagoas exonera subcomandante que defende Bolsonaro e ataca opositores nas redes sociais

Um dia após a exoneração, o militar publicou uma foto no Facebook e escreveu: "Entre o louco e o corrupto,...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Benjamin Netanyahu deixa o cargo de primeiro-ministro de Israel

Novo premiê foi eleito pelo parlamento israelense após acordos políticos

Brasil/Mundo4 dias atrás

Biden hasteia a bandeira LGBT na embaixada dos EUA no Vaticano e é criticado

Entre os críticos está o pastor Franklin Graham que entendeu a decisão como um desrespeito ao simbolismo religioso do Vaticano

Brasil/Mundo4 dias atrás

Mandato de Benjamin Netanyahu chega ao fim em Israel

É a primeira vez que o partido árabe Ra’am fará parte oficialmente do governo, que terá apoio de uma coalização...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Doria cumpre o que prometeu e multa Bolsonaro por andar sem máscara em ‘motociata’

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também foram multados

Brasil/Mundo7 dias atrás

Vídeo: Pastor Wellington Júnior recebe forte profecia de que irá enfrentar muitos levantes

"Agora esse é o momento meu filho, em que tu às de assumir muitas responsabilidade na minha obra", disse a...