Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Um em cada 4 alunos do 2º ano do fundamental não sabe escrever corretamente

Ricardo Costa

Publicado

em

Um em cada 4 alunos do 2º ano do fundamental não sabe escrever corretamente

Os resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), prova aplicada para o 5º e 9º ano do ensino fundamental, mostraram que um em cada quatro alunos do segundo ano do ensino fundamental não sabe escrever uma palavra de três sílabas a partir de um ditado.

Dos 5,6 milhões de estudantes que foram submetidos à realização das provas de Português e Matemática em 17 estados do país, apenas 5% chegaram ao nível 8, onde são capazes de inferir informações em textos longos, enquanto que 17,8% alcançaram o nível 4, onde conseguem escrever palavras trissílabas ou localizar informações explícitas no final de um texto curto. Já 27,5% estão nos níveis 1, 2 e 3 de desempenho ou até abaixo do nível mínimo.

Os níveis são medidos em escalas de 1 a 8. Os resultados foram divulgados por níveis de proficiência, mas não foram indicados quais patamares são considerados adequados. Essa é a primeira vez que a avaliação foi aplicada para avaliar a alfabetização de estudantes do 2º ano do fundamental.

Outro ponto analisado na pesquisa é a desigualdade em relação às zonas rurais e urbanas e às regiões do país. Em Língua Portuguesa, 10 estados tiveram resultados acima da média nacional, de 750 pontos. Esses estados são: Ceará, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Goiás. Os demais ficaram abaixo da média.

A aplicação do teste foi mediada por aplicadores que leram partes das questões para a turma. A ideia era que o desempenho dos estudantes em tarefas mais básicas de leitura pudesse ser medido mesmo que o estudante ainda não estivesse plenamente alfabetizado. Os resultados das provas, juntamente com as taxas de aprovação, reprovação e abandono, apuradas no Censo Escolar, compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

*Com informações do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo6 horas atrás

Juiz cita ‘discriminação religiosa’ e nega pedido para afastar secretário responsável por Lei Rouanet

“É um claro ato de discriminação religiosa, como bem ressaltou o juiz Itagiba Catta Preta”, afirmou.

Brasil/Mundo6 horas atrás

Ex-secretário de Comunicação é acusado de mentir na CPI da Pandemia

Renan Calheiros chegou a pedir a prisão em flagrante de Wajngarten, que falava na condição de testemunha

Brasil/Mundo6 horas atrás

Prouni: estudantes têm até hoje (13) para entregar documentos e não perder a vaga

Documentação precisa ser apresentada à instituição de ensino a qual o candidato pretende estudar

Brasil/Mundo1 dia atrás

Presidente de Convenção dispara criticas contra pastor por ordenar mulheres ao pastorado

A igreja criticada por JD Greear é a igreja fundada pelo pastor Rick e Kay Warren

Brasil/Mundo1 dia atrás

Líderes negros denunciam racismo sistêmico na principal clínica de aborto dos EUA

Democratas e republicanos assinam o documento que mostra que mais negros são mortos pelo aborto, mesmo sendo minoria no país

Brasil/Mundo1 dia atrás

Hamas ataca Israel com mais de 1.000 foguetes e cria caos em várias cidades

Conflitos geraram várias mortes de israelenses e de palestinos e aumentam a tensão entre os países do Oriente Médio

Brasil/Mundo1 dia atrás

Em Curitiba, Marcha para Jesus acontecerá no próximo sábado (15) em formato de carreata

O grupo entregou ao prefeito a camiseta da marcha que neste ano tem como tema o versículo bíblico “Agora, pois,...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Sugestão Legislativa quer tornar crime ensino da ideologia de gênero nas escolas

Senadores devem discutir se a sugestão é constitucional

Brasil/Mundo2 dias atrás

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pastor diz que “igreja brasileira deixou de ser preparada para a perseguição”

Para o pastor Geremias Coutro, é necessário que a igreja volte a tratar do assunto com a máxima urgência.

Publicidade