Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Política

Ausência de vereadores nas sessões é questionada na Câmara de Palmas

Publicado

em

Da Redação JM Notícia- Camila Rodrigues

lucio-campelo

(Divulgação) Vereador Lúcio Campelo (PR).

Da base aliada compareceu à sessão desta quinta-feira, 31, na Câmara Municipal, apenas o vereador Adão Índio (PSL). Os vereadores Milton Neris (PR), Rogério Freitas, Emerson Coimbra e João Campos (PSC) criticaram a falta dos integrantes da base, que prejudicou votações importantes como a retirada do aumento do IPTU. Os vereadores de oposição criticaram, ainda, sobre a MP n° 07, que revogou a MP 04 antes mesmo de ser votada, publicada por Amastha em menos de 24 h, ao saber que a MP seria arquivada pela Casa. Os demais vereadores que compareceram foram: Júnior Geo (PROS), Lúcio Campelo (PR) e Joaquim Maia (PV).

 Júnior Geo afirmou que esta ausência gera redução de 1/30 e parabenizou Adão Índio por ser o único da base presente para abrir a sessão. “Dependem de sete pares e para votarem as pautas precisam de no mínimo 10. Infelizmente, alguns colegas, em especial, um colega, que questiona tanto ausência de terceiros, não está presente” ,  disse Geo se referindo ao Major negreiros.

sessao 31

(Foto: Ezequias Araújo) Por falta de vereadores da base, sessão desta quinta-feira, 31,não teve votações.

O presidente da Casa, Rogério Freitas, foi incisivo e disse que os aliados do prefeito só comparecem às sessões que interessam ao Paço Municipal. O vereador  Folha insiste em expor a Câmara Municipal dizendo que os colegas não trabalham. “ Não cederei à pressões de quem quer que seja. O vereador Folha, que fez questão de registrar os horários da sessão anterior ressaltando o atraso, e nesta não estava presente. Não estamos votando porque o Paço Municipal está sentado sobre alguns vereadores”, afirmou Freitas.

“Vota na sessão, não vota na sessão, é isso que o prefeito está dizendo para os vereadores da base, é isso que está acontecendo nesta Casa”, comentou Milton Néris.

Emerson Coimbra questionou também a falta de justificativa dos 12 colegas ausentes, propondo a redução dos salários destes ausentes, e lembrou ainda que muitos carros ocupavam as vagas de estacionamento dos vereadores. “Tem que fazer mesmo o corte no salário desses vereadores que faltam às sessões porque quem paga o salário deles é o povo,  e estamos aqui para representar o povo”, destacou Coimbra.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo14 horas atrás

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil de R$ 400 até o final de 2022

O número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias

Brasil/Mundo1 dia atrás

Inscrições para cursos gratuitos do Google encerram nessa sexta (22/10)

As capacitações são na área de tecnologia e começam nesse ano

Brasil/Mundo2 dias atrás

Censura: Instagram retira ‘recurso de links’ de perfis conservadores

Internautas falam de perseguição política e tentativa de censura

Brasil/Mundo3 dias atrás

Lego anuncia brinquedos sem gênero para influenciar crianças “contra o preconceito”

Para a marca, acabar com o “estereótipos nocivos” vai ajudar as crianças a não serem preconceituosas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Por reclamarem de banheiro coletivo unissex, Joana Prado e Vitor Belford perdem patronício

A empresa foi pressionada por internautas para romper contrato com o casal; usuários da rede alegam de "transfobia"

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pesquisa aponta profissão de professor como a mais confiável entre a população

Foram ouvidos de 19 mil entrevistados com idades entre 16 e 74 anos em diferentes países

Brasil/Mundo3 dias atrás

Auxílio Emergencial pode ser prorrogado até 2023 com valor de R$ 250

Prorrogação deve ser feita devido a demora na aprovação do Auxílio Brasil no Congresso Nacional

Brasil/Mundo3 dias atrás

Psicóloga Marisa Lobo comenta sobre Round 6: “banaliza a perversidade”

A série tem recebido críticas em vários países do mundo

Publicidade