Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Vídeo mostra pastor Reul Bernardino tomando cerveja e choca evangélicos

Publicado

em

Redação JM Notícia

Pastor Reul Bernardino tomando cerveja

Circula nas redes sociais um vídeo onde o pastor Reul Bernardino, ex-presidente dos Gideões Missionários da Última Hora, aparece tomando cerveja com amigos.

Ao ser flagrado,o pastor diz: “Ui, cara, não filma”, mas seu pedido foi ignorado.

Com isso, internautas voltam a comentar sobre uma profecia que falava sobre a queda do pastor que herdou a coordenação do maior evento pentecostal do país.

Assista:

Saiba+ Pastor Reuel Bernardino anuncia renúncia da presidência do Gideões Missionários

Saiba + Pastor Reul Bernardino confirma crise financeira nos Gideões Missionários

Saiba + Pastor Reul Bernardino denuncia falsas extensões do Gideões Missionários

História do Congresso dos Gideões

Milhares de pessoas gritam “Santo, Santo, Santo”. Entre estas muitos choram, outros glorificam, apertados no pouco espaço para se mexer, dentro de um pavilhão e de um ginásio municipal, onde há mais de 36 anos é palco do maior movimento missionário do mundo e o mais conhecido do Brasil.

Pr. Cesino Bernardino

Homens, mulheres e crianças se programam o ano inteiro para sentirem a presença do Senhor na pequena cidade de Camboriú. Acomodam-se em hotéis, casas, barracas e até mesmo dentro de ônibus e automóveis. Durante 10 dias, este é o cenário, um lugar pequeno, desconhecido, de povo simpático, alegre, receptível ao povo de Deus.

Tudo começou com uma promessa, e promessas acontecem quando há espera. O ano era 1979, um tal de Pr. Cesino Bernardino, pastor da igreja Evangélica Assembleia de Deus, chegava acompanhado de sua família para começar um trabalho de reestruturação na igreja, que, no momento, encontrava-se em grande crise.

Ao passar dos anos os problemas foram resolvidos, e o Espírito de Deus começou a operar prodígios e maravilhas entre aqueles que Lhe davam liberdade. Certa vez, em uma reunião de oração, Deus usou alguém dizendo que a cidade, ainda com ruas de barro, pouca população, um número pequeno de igrejas, muitos desafios, sem nenhuma infraestrutura, seria conhecida em todo o mundo, e assim aconteceu, escolhida como cabeça, e não como cauda.

Com o departamento de missões organizado, era necessário enviar o primeiro missionário. Durante as pregações, o Espírito Santo incomodava uma jovem estudante, filha da cidade, membro da igreja, que aceitou o desafio e foi enviada à República da Argentina. Para ela, um país desconhecido, o idioma, só conhecia por ter ouvido os turistas que visitavam nossa cidade vizinha.

Começava, desde então, o trabalho evangelístico que mudaria a visão de milhares de pessoas. Pr. Cesino Bernardino, presidente dos Gideões Missionários da Última Hora, acompanhado de uma equipe, dispostos, almejavam alcançar o número de 300 contribuintes, mas o Senhor o surpreendia diariamente.

Um exército, prometido por Deus, de homens e mulheres, começou a se alistar, como verdadeiros soldados, que prontos para a guerra, se desvencilhavam de seus objetivos para defender os interesses do Evangelho.

E esse Evangelho começava a ser pregado, almas eram salvas, experiências espirituais aconteciam, e os missionários aos poucos começaram a ser enviados para todos os lados existentes no Brasil e exterior.

Não importava o lugar, havia um objetivo, uma meta, e em cada coração a expectativa de continuar. Pelas ondas do rádio, em fazendas, grandes cidades, vilarejos e cidadelas era possível conhecer o programa A Voz Missionária, que tinha como comunicadores presbítero Cesar Furtado, Neide Nunes Furtado e pastor Cesino Bernardino. Ecoavam aos corações dos ouvintes uma mensagem empolgante, que refletia o desejo dos comunicadores de transformar o mundo mediante a pregação do evangelho.

Hoje, em proporção redobrada, os Gideões Missionários estão em mais de quarenta países, alguns tão longe que nem mesmo a promessa de “todo o mundo” dita pelo Senhor a muitos anos parecia poder alcançar. Divididos entre estes países, mais de mil famílias missionárias levam o Evangelho de Cristo, em um só idioma, que diz: Jesus Cristo Salva!

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo6 horas atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo6 horas atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo2 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte

Brasil/Mundo2 dias atrás

Número de mortes registradas por dependência alcoólica aumentou em 2020

Dados do Ministério da Saúde revelam que houve aumento em 18,4% dos registros de mortes comparado ao ano de 2019

Brasil/Mundo2 dias atrás

Argentina permite o gênero X em carteiras de identidade e passaportes

Medida visa incluir pessoas não binárias, isso é, que não se identificam como homens e nem como mulheres

Brasil/Mundo5 dias atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo5 dias atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo5 dias atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto